“Logo no primeiro dia já estava me convencendo a burlar a dieta”, como burlar estes impulsos?

É impressionante… basta começar algo para estar sujeito a falhar né? Mas também se não tentarmos o caminho da mudança ficaremos sempre no mesmo lugar… o meu é o famoso platô.

Logo no primeiro dia já estava me convencendo a burlar a dieta

O que acontece com nossa mente só um psicólogo poderá aprofundar MAS que é fato que esquecemos nossas próprias promessas é.

Eu sou a rainha disso, por mais determinada que seja SEMPRE, SEMPRE SEMPRE MESMO, que chego na minha meta tenho que triplicar os cuidados com a autosabotagem escondida nos:

  • Ah então vamos comer isso hoje e amanhã voltamos a dieta
  • Ah hoje não vou treinar mas amanhã eu faço 2 aulas e pronto
  • Ah pode colocar açúcar no suco sim, só hoje não tem problema
  • Vamos tomar um café na Kopenhagem? Oi, mocinha, me veja uma caixa de Nhá Benta e um café
  • Domingo a noite, preguiça de brócolis, fiz a semana toda certinha… hoje eu mereço uma Pizza de quatro queijos
  • No casamento do amigo: hummmm bem casado? Vou levar esses 3.. eu congelo e como depois ( no dia seguinte… 3 embalagens vazias na cabeceira ao lado da cama )

Eu sei, pois falo sobre isso com muitas pessoas, que não estou sozinha nesta. Sei que tem milhares de pessoas buscando um estilo de vida mais saudável e que falhar pode ser muito triste mas com o tempo vamos aprendendo.

Eu por exemplo aprendi que a dieta (VLCD – Very Low Calorie Diet ) no caso DIETA PRONOKAL, é a melhor para meu estilo de vida.

Sou muito feliz sem meus carbos amados, minha vida fica com outra energia quando sigo a dieta certinho!

MAS para seguir a dieta preciso:

Manter a rotina ( ou seja , NÃO POSSO ME ESQUECER que estou de dieta, enquanto não viver plenamente adaptada ao método ainda chamo de dieta, dps chamarei de estilo de vida MAS ainda estou na fase de aprendizado e manutenção).

Fazer esportes ( quando faço esportes fico super animada com minha dieta pois a soma destas duas energias resultará num resultado mais rápido e permanente, sem falar na saúde e bem estar que o esporte pode nos proporcionar )

Fazer um diário ( meu blog serve para isso, me OBRIGO a refletir DIARIAMENTE sobre meu dia, o que fiz de certo o que fiz de errado e o que evitei por estar atenta.

Por exemplo… hoje tive uma reunião de trabalho no restaurante DUE CUOCCHI.

Tinha uma super curiosidade de conhecer os pratos do restaurante.. chegando lá já logo na entrada, enquanto o garçom nos acompanhava até a mesa, comecei a me convencer que hoje valeria a pena.. afinal estava a muito tempo querendo conhecer os famosos pratos do restaurante. Aqui vemos uma autosabotagem escondida.. estava claro para mim.. que naquele momento se eu cedesse teria um dia a menos de sucesso em meu processo.

Chegamos na mesa, recebi o Menu e mais uma cilada: Menu do chefe: cesta de pães ( estava com uma cara ótimmaaaaaaa) entrada, prato principal e sobremesa.

Pensei: é isso, afinal… comecei hoje cedo a dieta certinha.. até agora tinha realizado APENAS duas refeições direitinho.. não jogaria TANTA coisa fora…

GENTE… mas me lembrei da minha promessa, é uma meta minha, eu quero mais que tudo, há muito tempo.. e sei que vou conseguir.. então lembrei que o Blog me ajudava muito a lembrar desta meta e ca estou. Baixei novamente o App do WordPress e digo: VOLTEI, por mim, por quem mais quiser ler, se inspirar MAS VOLTEI e vou contar meus desafios do dia a dia de uma dieta cetogenica nutricional realizada com os sachês da Pronokal.

Prato escolhido: Tartar com salada

Já emagreci quase 20kg com a Pronokal, me sinto livre do efeito sanfona MAS fiquei 4 meses sem treinar ( por motivos pessoais bem hardcore e íntimos me desconectei dos esportes) e tb fiquei morando quase 2 meses em Miami, e lá fiz dieta 50% dos dias.. ou seja engordei um pouquinho e agora que estou recuperada e motivada novamente me sinto pronta para fazer mais uma linda história com a Pronokal!

Saúde e boa sorte para mim!

Ah meu colesterol baixou de 350 para 280, COM A PRONOKAL e esportes!

Anúncios

Já fui assim e já fui assim

Hoje estou no meio do caminho. Tão perto do começo de tudo e tão perto do fim!

Escolhi me direcionar para o fim, mais perto de minha meta, do meu sonho: ser magra, ágil e saudável.

IMG_4096

Fiz essa foto de antes e depois para me inspirar novamente… ando dando umas escapadinhas e para me reenergizar fui buscar inspiração no começo da minha dieta.. láaa em Janeiro de 2014!

Já fui assim e já fui assim. Hoje estou no meio do caminho. Tão perto do começo de tudo e tão perto do fim! Escolhi me direcionar para o fim, minha meta, meu sonho, ser magra, ágil e saudável. Voltei a dieta sem desvios desde segunda ( báaaaasico né ) mas hoje já acordei mais sequinha, subi na balança e bye bye 2kg ( 50% disso era inchaço e ter voltado a treinar com certeza influenciou). Ontem, após a natação meu corpo desinchou bem! Natação vai ser meu novo detox! 👏🏼👏🏼👏🏼 de qualquer forma, estou focada e feliz! Aqui na minha frente, enquanto escrevo, 2 claras mexidinhas com queijo cottage estão prontinhos para serem devorados! Adoro as #dietas #lowcarb, me sinto super bem mas amanhã minha #nutri @camiladelpapa vai me passar um novo cardápio! Aí eu quero ver 🙌🏼👊🏼 BOMMMMM DIA GALERA! Céu azul em sampa ☀️☀️☀️☀️☀️☀️☀️ #detopporai #foco #dieta #hiprotein #claras #fome #emagrecer #sucessonadieta #natacao #triathlon #antesedepois #workout #justdoit #meudesafioboaforma #bomdia

A post shared by Cecilia Paterno 🍀 (@ceciliapaterno) on

Voltei a dieta sem desvios desde segunda ( báaaaasico né ) mas hoje já acordei mais sequinha, subi na balança e bye bye 2kg ( 50% disso era inchaço e ter voltado a treinar com certeza influenciou).

Ontem, após a natação meu corpo desinchou bem!

Natação vai ser meu novo detox! De qualquer forma, estou focada e feliz!

Quase me esqueço de postar

Gente, ontem mesmo me comprometi a escrever diariamente, e hoje só percebi agora que ainda não tinha feito meu post aqui.

Que coisa maluca é a nossa mente né?

Mas aqui vamos nós, hoje cedo acordei com calma, não fiz esporte, tomei um café preto, arrumei a casa e já comecei a trabalhar.

Em seguida preparei um Ban Chá e fiz um mingau, que com ctz exagerei nas medidas:

100ml de leite + 1/2 banana + 2 colheres de sopa de grãos variados, 1 colher de sopa de chia e uma de linhaça ( precisava mesmo? )

Mas beleza, vamos que vamos. Ainda não tive tempo de comprar as coisas da dieta, mas quero voltar a seguir.

Achei hoje por um acaso um menu que minha nutri elaborou há 2 anos. Vou seguir ele.

Dps posto aqui.

 

Beijos e foco

 

Pactos que fazemos

#SEMFILTRO  
Em janeiro 2014, quando fiz meu primeiro post para meu blog http://www.detopporai.com fiz um pacto comigo mesma.
Ali, naquele dia, pesando 86kg, me sentindo muiiiiito infeliz e impotente decidi que nunca mais perderia meu foco. Foi um pacto profundo, desafiante, mudei muito meu estilo de vida e desde então todas as escolhas que fiz me trouxeram até aqui.
Hoje, com -14kg continuo na busca pelo equilíbrio, entre uma vida saudável, com eventos socias e principamente uma rotina feliz. Meu blog, que deveria ser um simples diário de minha dieta, se tornou meu principal apoio e motivação nesta trajetória… Até mesmo minha carreira mudou!
Hoje trabalho com o que AMO. Isso motiva minhas conquistas!
Reativo hoje um novo projeto, em busca da meta que tracei 2 anos atrás. Pesar 65kg.
Vai ser difícil?!
NÃOOOO!
Esta palavra não existe para mim. Na verdade será desafiante, é disso que gosto! Desafios e hoje começo mais um!

Começo ele assim, sorridente, como gosto de ser! Uhuhhhhj segunda é o dia mundial das dietas! Vamos lá?!
Quem aí ta animado ou precisando de um help! Vem comigo! #DeTopPorAi ❤️ foto maravilhosaaaa de um fotógrafo mto querido @christianparente 👏🏼👏🏼 e beaute por @hisalao

Ciça você já foi assim

Estou numa fase delicada de minha vida, continuo com o mesmo desejo de ser magra como grande prioridade de minha vida MAS ao mesmo tempo me permito a não chegar lá.. 
Estou quase lá, mas fico patinando.
Louco né? Mas conheço MUITAS PESSOAS, MUITASSS MESMO, que passam e convivem com o mesmo dilema.. 
  
É rolo na cabeça que nem sei.. penso todo dia nisso, nesta conquista, no chegar lá, ver meu braço parecido com o da Cicarelli, ver minhas roupas atuais sendo doadas… 
Já passei por tudo isso e estive MUITO mais perto do meu objetivo do que estou hoje.. me pergunto. O que me fez parar? 
Tenho DIVERSAS, MILHÕES, ZILHÕES de desculpas, explicações e delírios da autosabotagem.. mas a real é: Enquanto não assumir o processo de emagrecimento como algo REAL em minha vida, crucial para mim e fator importante sim para a minha felicidade, não chegarei lá. 
Ando patinando com meu projeto de vida.. que absurdo né? Por mais que me coloque em primeiro lugar, as vezes a cervejinha, o brigadeiro e o pão de queijo ficam em primeiro lugar. 
O lance é o seguinte: Quem quer FAZ. Quem quer PODE, Quem quer ACREDITA, Quem quer CONQUISTA. E EU QUERO.. E ESTOU PRONTA PARA RECOMEÇAR MAIS UMA VEZ, sim,.. recomeçarei milhões de outras vezes até chegar lá.
Isso se chamar QUERER até CONSEGUIR. 

“Cada um de nós tem que se responsabilizar pelo próprio bem-estar e encontrar tempo para cuidar do corpo”

Motivação para mim mesma! Rsss leia o texto até o fim! 
Eu Corro – por Drauzio Varella, 68 anos, médico

  
Quando eu estava prestes a completar 50 anos, um amigo me disse que naquela idade começava a decadência. Então resolvi fazer alguma coisa legal para comemorar a data e tive a ideia de fazer uma maratona. Já comecei a correr pensando nos 42 km.

Pouco tempo depois, outro amigo me passou um programa de treinos e fui seguindo como podia. No fim daquele ano, corri a Maratona de Nova York em 4h01. Isso foi em 1993, e desde então já participei dessa prova mais umas sete ou oito vezes. Também já corri em Chicago, Berlim e Joinville — meu melhor tempo é de 3h38, em 1994, em Nova York.

A maratona é minha distância preferida. Ninguém corre 42 km sem estar preparado, todo mundo ali sabe o que está fazendo, então existe muito mais respeito. Já participei de alguns revezamentos e provas menores, mas não gostei. Também fiz a São Silvestre e detestei, achei uma bagunça.

Treino duas vezes por semana no Parque do Ibirapuera e nos fins de semana procuro correr no Minhocão ou no centro da cidade. Aí vario os trajetos: passeio pela praça da Sé, largo de São Bento, Mercado Municipal. Cada treino varia entre 15 e 25 km, depende de quanto tempo tenho.

Também subo os 16 andares do meu prédio duas vezes por semana. Vou pelas escadas e desço pelo elevador, onde aproveito para ir me alongando. Repito isso entre oito e dez vezes. É puxado, mas me dá um fôlego danado e com certeza me ajuda a correr melhor.

Se as pessoas fizessem mais exercício, ficar parado seria menos penoso para o corpo. Quando você é sedentário, você se levanta e logo tem que se sentar de novo — e aquilo não te descansa. Quando você corre bastante e senta, é uma sensação muito boa.

Sempre levo meu tênis quando vou viajar. Tem coisa mais gostosa do em um dia de congresso você se levantar cedinho para treinar? Corro 2 horas e depois passo o resto dia sentado, sem culpa, ouvindo as pessoas falarem sobre os assuntos de que eu mais gosto. É uma delícia.

Para mim, a corrida é um antidepressivo maravilhoso. Sou muito agitado, faço muitas coisas e a corrida também me ajuda a relaxar. É o momento em que fico em contato comigo mesmo, vejo minhas limitações, e isso me deixa mais com o pé no chão. Por isso não corro ouvindo música e prefiro treinar sozinho.

No ano passado, fiz a Maratona de Berlim em 4h12. Depois pensei que se tivesse feito 2 minutos a menos teria me qualificado para Boston. Não quero estabelecer essa meta porque tenho medo de me frustrar, mas, se este ano eu conseguir fazer uma maratona em menos de 4h10, posso comemorar os 70 anos correndo em Boston.

Não tenho nenhum cuidado especial com alimentação. Antes do treino, bebo uma água de coco ou como uma fruta. Depois tomo café com leite e como pão, azeite e tomate. Não estou convencido de que existe um benefício real nesses géis e vitaminas, aminoácidos. Durante a maratona só bebo água, não tomo nem isotônico. Como cortei açúcar da minha alimentação há 34 anos, tenho medo de ficar enjoado e passar mal.

O exercício só é bom quando ele termina. Durante, é sofrimento. Às vezes você até libera uma endorfina no meio e dá uma sensação boa, mas o prazer mesmo vem quando você acaba.

Quem faz atividade física tem um envelhecimento muito mais saudável. Tenho quase 70 e não tomo nenhum remédio, peso 3 kg a mais do que na época da faculdade. As pessoas dizem: “Você é magro, hein? Que sorte!” Não é sorte, tenho que suar a camisa todos os dias.

Eu corro porque estou convencido de que o exercício físico é contra a natureza humana. Precisamos combater essa inércia. Nenhum animal desperdiça energia, ele gasta sua força para ir atrás de comida e de sexo ou para fugir de um predador. Com essas três necessidades satisfeitas, ele deita e fica quieto. Vá a um zoológico para ver se você encontra uma onça correndo à toa. Ou um gorila se exercitando na barra. Por isso é tão difícil para a maioria das pessoas fazer atividades físicas.

Um exemplo disso são meus pacientes. A grande maioria são mulheres com câncer de mama. Muitas passam por quimioterapia, perdem o cabelo, têm enjoos, fazem cirurgia para retirar parte do seio. E enfrentam esse processo com tanta coragem que fico até emocionado. Depois disso tudo, falo para elas que, se caminharem 40 minutos por dia, cortam pela metade a chance de morrer de câncer de mama. Esse índice é maior do que o da quimio, mas menos de 1% das minhas pacientes começam a fazer exercício. Vai contra a natureza humana.

Muita gente fala que não tem tempo de fazer exercícios. Dizem que acordam muito cedo para levar os filhos à escola, que trabalham demais, que têm que cuidar da casa. Antes eu até ficava com compaixão, mas hoje eu digo: isso é problema seu. Ninguém vai resolver esse problema para você.

Você acha que eu tenho vontade de levantar cedo para correr? Não tenho, mas encaro como um trabalho. Se seu chefe disser que a empresa vai começar um projeto novo e precisa que você esteja lá às 5h30, você vai estar lá. Você vai se virar, mudar sua rotina e dar um jeito. Por que com exercício não pode ser assim?

Nós temos a tendência de jogar a responsabilidade sobre a nossa saúde nos outros. Em Deus, na cidade, na poluição, no trânsito, no estresse. Cada um de nós tem que se responsabilizar pelo próprio bem-estar e encontrar tempo para cuidar do corpo. É uma questão de prioridades.

Se você não consegue fazer exercício de jeito nenhum, pelo menos tem que ter consciência de que está vivendo errado, que não está levando em consideração a coisa mais importante que você tem, que é o seu corpo.

“Este ano pretendo correr as maratonas do Rio e de Chicago. Se fizer abaixo de 4h10, me qualifico para Boston”

Drauzio Varella é oncologista

Só uma tacinha de champagne

Quem me acompanha desde Janeiro de 2014 sabe que minha principal luta não é contra a gordura corporal. Esta luta é apenas um sintoma de uma luta maior, o EFEITO SANFONA. E mesmo com toda a vigilância que um blog sobre emagrecimento e um perfil no instagram extremamente ativo me proporcionaram eu QUASE voltei a estaca zero.

tape-403586_1280

Não tenho vergonha de falar sobre isso aqui neste espaço, quero mais é conscientizar o MUNDO que isso é mais comum do que imaginamos. Jogue a primeira pedra quem NUNCA fez uma dieta e voltou TUDO após um período.

Eu acho que 90% das pessoas que fazem dieta sofrem ou já sofreram com o efeito sanfona.

Eu quero falar sobre ele, entender o que acontece, porque nos deixamos de lado. Eu quero entender isso de uma vez por todas para espalhar esta informação pelo mundo!

Comigo é assim: Quando emagreço acho que estou liberada para comer algumas bobeiras… o problema é que com o passar dos dias essas bobeiras se tornam rotineiras e a cada dia você vai criando uma desculpa, hoje começa com uma mordida no sanduba do marido, realmente, uma mordidinha é inofensiva, mas no dia seguinte você da a mesma mordidinha e pega 2 batatinhas, no terceiro dia você da uma mordidinha, pega metade das batatas e mergulha ‘algumas na maionese ou no molho especial a base de gordura hidrogenada’ e dai por diante.. é só esperar para o peso todo voltar.

Situações externas não deveriam influenciar nossas vidas, mas ex-gordinhos são sensíveis por natureza e precisam trabalhar de forma profunda suas emoções. Sem o controle emocional ficamos fadados ao efeito sanfona.

Minha vivência me mostra que os desafios fit que faço precisam se tornar um desafio eterno sabe? Seguir a dieta a risca para sempre.. e sair apenas 1 refeição em dias MUITO especiais.

Ontem por exemplo fui numa baladinha.. assim que cheguei lá pensei.. Vou tomar uma tacinha de champagne. Daí uma amiga maravilhosa e super sarada e blogueira fitness a Juliane Ruizz ( sigam @julianeruizz) me brecou e disse: Para que beber hoje? Tipo.. se meu maior sonho é conquistar um corpo magro e saudável.. porque beberia em plena terça-feira? Mesmo se fosse apenas uma tacinha.. hoje já não teria conseguido treinar e sem treinar fico triste e se estiver triste e de ressaca a ÚNICA coisa que vai me curar é uma fatia de pizza lotada de azeite e sal. Sim eu costumava colocar sal em cima da PIZZA. Que absurdo.

Bom o que quero dizer é que para quem já teve um histórico de sobrepeso e obesidade… a vida precisará ser regrada para SEMPRE. E na verdade a maioria das pessoas do mundo vive assim.. com controle da alimentação. Nós que achamos que não.. vivo dizendo que meu marido come mto fast food.. e ele realmente faz isso.. mas ele SÓ come isso.. Eu como o fast food + todas as coisas que a nutri passa na dieta kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Vivendo e aprendendo.. Cada um tem que aprender a conhecer seu corpo.. eu aprendi com o meu que nunca mais poderei ficar desatenta. Nunca mais mesmo. Mas valerá a pena!

Beijos