Já fui assim e já fui assim

Hoje estou no meio do caminho. Tão perto do começo de tudo e tão perto do fim!

Escolhi me direcionar para o fim, mais perto de minha meta, do meu sonho: ser magra, ágil e saudável.

IMG_4096

Fiz essa foto de antes e depois para me inspirar novamente… ando dando umas escapadinhas e para me reenergizar fui buscar inspiração no começo da minha dieta.. láaa em Janeiro de 2014!

Já fui assim e já fui assim. Hoje estou no meio do caminho. Tão perto do começo de tudo e tão perto do fim! Escolhi me direcionar para o fim, minha meta, meu sonho, ser magra, ágil e saudável. Voltei a dieta sem desvios desde segunda ( báaaaasico né ) mas hoje já acordei mais sequinha, subi na balança e bye bye 2kg ( 50% disso era inchaço e ter voltado a treinar com certeza influenciou). Ontem, após a natação meu corpo desinchou bem! Natação vai ser meu novo detox! 👏🏼👏🏼👏🏼 de qualquer forma, estou focada e feliz! Aqui na minha frente, enquanto escrevo, 2 claras mexidinhas com queijo cottage estão prontinhos para serem devorados! Adoro as #dietas #lowcarb, me sinto super bem mas amanhã minha #nutri @camiladelpapa vai me passar um novo cardápio! Aí eu quero ver 🙌🏼👊🏼 BOMMMMM DIA GALERA! Céu azul em sampa ☀️☀️☀️☀️☀️☀️☀️ #detopporai #foco #dieta #hiprotein #claras #fome #emagrecer #sucessonadieta #natacao #triathlon #antesedepois #workout #justdoit #meudesafioboaforma #bomdia

A post shared by CIÇA 💫RP | Assessora (@ceciliapaterno) on

Voltei a dieta sem desvios desde segunda ( báaaaasico né ) mas hoje já acordei mais sequinha, subi na balança e bye bye 2kg ( 50% disso era inchaço e ter voltado a treinar com certeza influenciou).

Ontem, após a natação meu corpo desinchou bem!

Natação vai ser meu novo detox! De qualquer forma, estou focada e feliz!

Quase me esqueço de postar

Gente, ontem mesmo me comprometi a escrever diariamente, e hoje só percebi agora que ainda não tinha feito meu post aqui.

Que coisa maluca é a nossa mente né?

Mas aqui vamos nós, hoje cedo acordei com calma, não fiz esporte, tomei um café preto, arrumei a casa e já comecei a trabalhar.

Em seguida preparei um Ban Chá e fiz um mingau, que com ctz exagerei nas medidas:

100ml de leite + 1/2 banana + 2 colheres de sopa de grãos variados, 1 colher de sopa de chia e uma de linhaça ( precisava mesmo? )

Mas beleza, vamos que vamos. Ainda não tive tempo de comprar as coisas da dieta, mas quero voltar a seguir.

Achei hoje por um acaso um menu que minha nutri elaborou há 2 anos. Vou seguir ele.

Dps posto aqui.

 

Beijos e foco

 

Pactos que fazemos

#SEMFILTRO  
Em janeiro 2014, quando fiz meu primeiro post para meu blog http://www.detopporai.com fiz um pacto comigo mesma.
Ali, naquele dia, pesando 86kg, me sentindo muiiiiito infeliz e impotente decidi que nunca mais perderia meu foco. Foi um pacto profundo, desafiante, mudei muito meu estilo de vida e desde então todas as escolhas que fiz me trouxeram até aqui.
Hoje, com -14kg continuo na busca pelo equilíbrio, entre uma vida saudável, com eventos socias e principamente uma rotina feliz. Meu blog, que deveria ser um simples diário de minha dieta, se tornou meu principal apoio e motivação nesta trajetória… Até mesmo minha carreira mudou!
Hoje trabalho com o que AMO. Isso motiva minhas conquistas!
Reativo hoje um novo projeto, em busca da meta que tracei 2 anos atrás. Pesar 65kg.
Vai ser difícil?!
NÃOOOO!
Esta palavra não existe para mim. Na verdade será desafiante, é disso que gosto! Desafios e hoje começo mais um!

Começo ele assim, sorridente, como gosto de ser! Uhuhhhhj segunda é o dia mundial das dietas! Vamos lá?!
Quem aí ta animado ou precisando de um help! Vem comigo! #DeTopPorAi ❤️ foto maravilhosaaaa de um fotógrafo mto querido @christianparente 👏🏼👏🏼 e beaute por @hisalao

Ciça você já foi assim

Estou numa fase delicada de minha vida, continuo com o mesmo desejo de ser magra como grande prioridade de minha vida MAS ao mesmo tempo me permito a não chegar lá.. 
Estou quase lá, mas fico patinando.
Louco né? Mas conheço MUITAS PESSOAS, MUITASSS MESMO, que passam e convivem com o mesmo dilema.. 
  
É rolo na cabeça que nem sei.. penso todo dia nisso, nesta conquista, no chegar lá, ver meu braço parecido com o da Cicarelli, ver minhas roupas atuais sendo doadas… 
Já passei por tudo isso e estive MUITO mais perto do meu objetivo do que estou hoje.. me pergunto. O que me fez parar? 
Tenho DIVERSAS, MILHÕES, ZILHÕES de desculpas, explicações e delírios da autosabotagem.. mas a real é: Enquanto não assumir o processo de emagrecimento como algo REAL em minha vida, crucial para mim e fator importante sim para a minha felicidade, não chegarei lá. 
Ando patinando com meu projeto de vida.. que absurdo né? Por mais que me coloque em primeiro lugar, as vezes a cervejinha, o brigadeiro e o pão de queijo ficam em primeiro lugar. 
O lance é o seguinte: Quem quer FAZ. Quem quer PODE, Quem quer ACREDITA, Quem quer CONQUISTA. E EU QUERO.. E ESTOU PRONTA PARA RECOMEÇAR MAIS UMA VEZ, sim,.. recomeçarei milhões de outras vezes até chegar lá.
Isso se chamar QUERER até CONSEGUIR. 

“Cada um de nós tem que se responsabilizar pelo próprio bem-estar e encontrar tempo para cuidar do corpo”

Motivação para mim mesma! Rsss leia o texto até o fim! 
Eu Corro – por Drauzio Varella, 68 anos, médico

  
Quando eu estava prestes a completar 50 anos, um amigo me disse que naquela idade começava a decadência. Então resolvi fazer alguma coisa legal para comemorar a data e tive a ideia de fazer uma maratona. Já comecei a correr pensando nos 42 km.

Pouco tempo depois, outro amigo me passou um programa de treinos e fui seguindo como podia. No fim daquele ano, corri a Maratona de Nova York em 4h01. Isso foi em 1993, e desde então já participei dessa prova mais umas sete ou oito vezes. Também já corri em Chicago, Berlim e Joinville — meu melhor tempo é de 3h38, em 1994, em Nova York.

A maratona é minha distância preferida. Ninguém corre 42 km sem estar preparado, todo mundo ali sabe o que está fazendo, então existe muito mais respeito. Já participei de alguns revezamentos e provas menores, mas não gostei. Também fiz a São Silvestre e detestei, achei uma bagunça.

Treino duas vezes por semana no Parque do Ibirapuera e nos fins de semana procuro correr no Minhocão ou no centro da cidade. Aí vario os trajetos: passeio pela praça da Sé, largo de São Bento, Mercado Municipal. Cada treino varia entre 15 e 25 km, depende de quanto tempo tenho.

Também subo os 16 andares do meu prédio duas vezes por semana. Vou pelas escadas e desço pelo elevador, onde aproveito para ir me alongando. Repito isso entre oito e dez vezes. É puxado, mas me dá um fôlego danado e com certeza me ajuda a correr melhor.

Se as pessoas fizessem mais exercício, ficar parado seria menos penoso para o corpo. Quando você é sedentário, você se levanta e logo tem que se sentar de novo — e aquilo não te descansa. Quando você corre bastante e senta, é uma sensação muito boa.

Sempre levo meu tênis quando vou viajar. Tem coisa mais gostosa do em um dia de congresso você se levantar cedinho para treinar? Corro 2 horas e depois passo o resto dia sentado, sem culpa, ouvindo as pessoas falarem sobre os assuntos de que eu mais gosto. É uma delícia.

Para mim, a corrida é um antidepressivo maravilhoso. Sou muito agitado, faço muitas coisas e a corrida também me ajuda a relaxar. É o momento em que fico em contato comigo mesmo, vejo minhas limitações, e isso me deixa mais com o pé no chão. Por isso não corro ouvindo música e prefiro treinar sozinho.

No ano passado, fiz a Maratona de Berlim em 4h12. Depois pensei que se tivesse feito 2 minutos a menos teria me qualificado para Boston. Não quero estabelecer essa meta porque tenho medo de me frustrar, mas, se este ano eu conseguir fazer uma maratona em menos de 4h10, posso comemorar os 70 anos correndo em Boston.

Não tenho nenhum cuidado especial com alimentação. Antes do treino, bebo uma água de coco ou como uma fruta. Depois tomo café com leite e como pão, azeite e tomate. Não estou convencido de que existe um benefício real nesses géis e vitaminas, aminoácidos. Durante a maratona só bebo água, não tomo nem isotônico. Como cortei açúcar da minha alimentação há 34 anos, tenho medo de ficar enjoado e passar mal.

O exercício só é bom quando ele termina. Durante, é sofrimento. Às vezes você até libera uma endorfina no meio e dá uma sensação boa, mas o prazer mesmo vem quando você acaba.

Quem faz atividade física tem um envelhecimento muito mais saudável. Tenho quase 70 e não tomo nenhum remédio, peso 3 kg a mais do que na época da faculdade. As pessoas dizem: “Você é magro, hein? Que sorte!” Não é sorte, tenho que suar a camisa todos os dias.

Eu corro porque estou convencido de que o exercício físico é contra a natureza humana. Precisamos combater essa inércia. Nenhum animal desperdiça energia, ele gasta sua força para ir atrás de comida e de sexo ou para fugir de um predador. Com essas três necessidades satisfeitas, ele deita e fica quieto. Vá a um zoológico para ver se você encontra uma onça correndo à toa. Ou um gorila se exercitando na barra. Por isso é tão difícil para a maioria das pessoas fazer atividades físicas.

Um exemplo disso são meus pacientes. A grande maioria são mulheres com câncer de mama. Muitas passam por quimioterapia, perdem o cabelo, têm enjoos, fazem cirurgia para retirar parte do seio. E enfrentam esse processo com tanta coragem que fico até emocionado. Depois disso tudo, falo para elas que, se caminharem 40 minutos por dia, cortam pela metade a chance de morrer de câncer de mama. Esse índice é maior do que o da quimio, mas menos de 1% das minhas pacientes começam a fazer exercício. Vai contra a natureza humana.

Muita gente fala que não tem tempo de fazer exercícios. Dizem que acordam muito cedo para levar os filhos à escola, que trabalham demais, que têm que cuidar da casa. Antes eu até ficava com compaixão, mas hoje eu digo: isso é problema seu. Ninguém vai resolver esse problema para você.

Você acha que eu tenho vontade de levantar cedo para correr? Não tenho, mas encaro como um trabalho. Se seu chefe disser que a empresa vai começar um projeto novo e precisa que você esteja lá às 5h30, você vai estar lá. Você vai se virar, mudar sua rotina e dar um jeito. Por que com exercício não pode ser assim?

Nós temos a tendência de jogar a responsabilidade sobre a nossa saúde nos outros. Em Deus, na cidade, na poluição, no trânsito, no estresse. Cada um de nós tem que se responsabilizar pelo próprio bem-estar e encontrar tempo para cuidar do corpo. É uma questão de prioridades.

Se você não consegue fazer exercício de jeito nenhum, pelo menos tem que ter consciência de que está vivendo errado, que não está levando em consideração a coisa mais importante que você tem, que é o seu corpo.

“Este ano pretendo correr as maratonas do Rio e de Chicago. Se fizer abaixo de 4h10, me qualifico para Boston”

Drauzio Varella é oncologista

Só uma tacinha de champagne

Quem me acompanha desde Janeiro de 2014 sabe que minha principal luta não é contra a gordura corporal. Esta luta é apenas um sintoma de uma luta maior, o EFEITO SANFONA. E mesmo com toda a vigilância que um blog sobre emagrecimento e um perfil no instagram extremamente ativo me proporcionaram eu QUASE voltei a estaca zero.

tape-403586_1280

Não tenho vergonha de falar sobre isso aqui neste espaço, quero mais é conscientizar o MUNDO que isso é mais comum do que imaginamos. Jogue a primeira pedra quem NUNCA fez uma dieta e voltou TUDO após um período.

Eu acho que 90% das pessoas que fazem dieta sofrem ou já sofreram com o efeito sanfona.

Eu quero falar sobre ele, entender o que acontece, porque nos deixamos de lado. Eu quero entender isso de uma vez por todas para espalhar esta informação pelo mundo!

Comigo é assim: Quando emagreço acho que estou liberada para comer algumas bobeiras… o problema é que com o passar dos dias essas bobeiras se tornam rotineiras e a cada dia você vai criando uma desculpa, hoje começa com uma mordida no sanduba do marido, realmente, uma mordidinha é inofensiva, mas no dia seguinte você da a mesma mordidinha e pega 2 batatinhas, no terceiro dia você da uma mordidinha, pega metade das batatas e mergulha ‘algumas na maionese ou no molho especial a base de gordura hidrogenada’ e dai por diante.. é só esperar para o peso todo voltar.

Situações externas não deveriam influenciar nossas vidas, mas ex-gordinhos são sensíveis por natureza e precisam trabalhar de forma profunda suas emoções. Sem o controle emocional ficamos fadados ao efeito sanfona.

Minha vivência me mostra que os desafios fit que faço precisam se tornar um desafio eterno sabe? Seguir a dieta a risca para sempre.. e sair apenas 1 refeição em dias MUITO especiais.

Ontem por exemplo fui numa baladinha.. assim que cheguei lá pensei.. Vou tomar uma tacinha de champagne. Daí uma amiga maravilhosa e super sarada e blogueira fitness a Juliane Ruizz ( sigam @julianeruizz) me brecou e disse: Para que beber hoje? Tipo.. se meu maior sonho é conquistar um corpo magro e saudável.. porque beberia em plena terça-feira? Mesmo se fosse apenas uma tacinha.. hoje já não teria conseguido treinar e sem treinar fico triste e se estiver triste e de ressaca a ÚNICA coisa que vai me curar é uma fatia de pizza lotada de azeite e sal. Sim eu costumava colocar sal em cima da PIZZA. Que absurdo.

Bom o que quero dizer é que para quem já teve um histórico de sobrepeso e obesidade… a vida precisará ser regrada para SEMPRE. E na verdade a maioria das pessoas do mundo vive assim.. com controle da alimentação. Nós que achamos que não.. vivo dizendo que meu marido come mto fast food.. e ele realmente faz isso.. mas ele SÓ come isso.. Eu como o fast food + todas as coisas que a nutri passa na dieta kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Vivendo e aprendendo.. Cada um tem que aprender a conhecer seu corpo.. eu aprendi com o meu que nunca mais poderei ficar desatenta. Nunca mais mesmo. Mas valerá a pena!

Beijos

Livros do momento! Dicas de leitura para dar uma turbinada na dieta

Oi genteee! Estou num momento de grande aprendizado e introspecção! Quero impulsionar e direcionar meu estilo de vida de forma equilibrada e saudável e para isso investi em alguns livros e quero dividir essas dicas com vocês!

Estes são os livros em destaque na minha vida, estou apaixonada por cada um deles e confesso que leio todos ao mesmo tempo.

Alguns eu utilizo para me inspirar em receitas, outros estou utilizando para o autoconhecimento, inspiração, ideias para minha nova carreira e por aí vai!

Meus livros do momento! Todos eles ficam ao lado da minha cama!

Meus livros do momento! Todos eles ficam ao lado da minha cama!

SOU COMPLETAMENTE APAIXONADA por livros de culinária, estilo de vida, saúde e bem estar e acho que investir em conhecimento nos dá liberdade para viver a vida que escolhemos! Informação é tudo, como boa jornalista a curiosidade por novidades e o aprofundamento por temas que amo fazem parte da minha rotina!

Vou falar um pouco sobre os livros do momento, de cima para baixo, na imagem temos:

  1. 500 Pratos sem glúten ( LINK )
    Desde Novembro de 2014 comecei uma dieta antialergênica e retirei o glúten de minha alimentação COTIDIANA, não sou celíaca, mas com o tempo me tornei um pouco sensível ao glúten. Meu corpo não gosta, fico com uma preguiça de matar ( isso não combina comigo). Então quer dizer que você não come mais glúten?? Calmaaa.. uma das coisas que defendo é o equilíbrio. Fui bastante rígida por quase um ano e vi que prefiro ser mais tranquila! Gosto desta frase: “Tudo pode mas nem tudo deve”.
    De qualquer forma este livro é muito bacana pois me ajuda nos momentos: Vou comer o que hoje? risos.. basta dar uma folheada e tchanammmm já penso numa adaptação e crio uma nova receita. Sou meio chata para seguir receitas, gosto de modificar quase todas risos.
  2. ANSIEDADE – Como enfrentar o mal do século ( LINK )
    Este é um bem curtinho e prático para quem anda meio acelerado. Assim que vi a capa fui correndo, peguei ele e já comecei a ler ( ansiosa? EU? Nadaaa kkk ). De qualquer forma, este livro explica sobre a Sindrome do Pensamento Acelerado e nos ensina a gerenciar essa loucura que se tornou nossas rotinas. Vale a pena ler!
  3. O PESO DAS DIETAS – Emagreça de forma sustentáveL dizendo não às dietas ( LINK )
    Este é a paixão do momento. Ele que me inspirou para este post. Senti a necessidade de divulgar esta informação. A nutricionista, Sophie Deram, nos leva pelo caminho da NÃO DIETA. Ela defende uma alimentação equilibrada e gerenciada pela fome verdadeira e alinhada com o autoconhecimento ( Como não amar este livro???) Recomendo demais.. é daqueles que você não para de ler… levo ele para todo lugar!
  4. O LIVRO DO CORPO ( LINK)
    Simmm, este livro foi escrito por Cameron Diaz em parceria com Sandra Bark. Ahhh já sei, este livro não deve ser nada profundo.. né? Gente, engano nosso. Quando vi este livro pela primeira vez, numa prateleira da Saraiva fiquei intrigada.. Mas ao abrir o livro fiquei IMPRESSIONADA. É uma lição sobre SER MULHER, gostar do nosso corpo, mergulhar na auto estima e trabalhar ela láaaaaaaaaaaaa em cima. Recomendo DEMAIS.. Virei fã da Cameron. ; )
  5. Kilorias ( LINK)
    Este livro comprei para me inspirar já que a escritora Paula Machado levanta a mesma bandeira que eu. Não faça dieta, crie um estilo de vida só seu. O livro é bem leve e gostoso de ler e mostra a rotina da autora que também é blogueira e posta muitas dicas no instagram ( Me identifiquei! )
  6. VOCÊ TEM FOME DE QUÊ? ( LINK )
    Este livro só é do DEEPAK CHOPRA, nem sei explicar o tamanho da minha admiração por tudo que ele produz. O ser é iluminado e ponto final. Ele alerta nossa mente para que fiquemos mais atentos ao que nos faz comer em excesso. Na maioria das vezes não estamos com fome e ainda assim vamos lá e comemos muitas coisas.. Estamos na verdade preenchendo um vazio, uma insatisfação. Você quer mudar isso? Eu quero.. então ultimamente tenho me perguntado, você esta com fome ou com vontade de comer? 90% DAS VEZES… Adivinha? rss
  7. O PERIGO DO GLÚTEN ( LINK )
    Este livro comprei pois tenho MUITO interesse neste assunto. Eu vejo muita gente falando que a dieta sem glúten é modinha e que faz mal etc etc.. Na verdade o que faz mal são os extremismos da vida… Entender do assunto e fazer suas boas escolhas é o direito de cada um. Eu gosto de ler, pesquisar e entender o que significa não comer glúten e por isso este foi o segundo livro que comprei sobre o assunto. Recomendo para os que são curiosos e se interessam pelo assunto, celíacos ou não.
  8. EU CONSIGO EMAGRECER – A dieta que esta fazendo os Estados Unidos emagrecerem
    Ainda não terminei este livro, acho que nunca vou parar de ler.. ele é rico em dados, pesquisas e defende que o conhecimento nutricional emagrecer. Ou seja.. Você sabe o que esta comendo? Muitas vezes comemos algo achando que é inofensivo, e na verdade aquele alimento é o causador do sobrepeso. Recomendo muito este livro.

Vamos ler que a gente ganha mais! Espero que gostem e adoraria receber dicas de livros de vocês tb! Poste aqui nos comentários quais livros vocês estão lendo e se alguém aí já leu um desses tb fique a vontade para contribuir com mais informações.

Beijos e saber é poder né gente? Boa leitura Julya Vendite! Você pediu e aí esta o post! ; )